Como ter um pênis bonito – Hidratação íntima masculina

Como hidratar a pele do pênis

Hidratação é a palavra chave quando falamos em pele bonita.

Proteção solar também…

Mas aqui, como trataremos de uma região que quase nunca vê o sol, então falaremos só da primeira. A tão necessária hidratação. 

E me diz?

Quando foi a última vez que você aplicou um hidratante no seu pênis?

A pele e mucosas do pênis são particularmente sensíveis e propensas ao ressecamento.

Esse ressecamento pode surgir por diversos motivos, pelo atrito com roupas, por produtos utilizados na lavagem das mesmas, por sabonetes pessoais inadequados, por masturbação ou sexo sem lubrificação adequada.

Temos  que considerar que além do fator estético (um pênis ressecado é muito feio não é?), esse ressecamento pode contribuir para o desenvolvimento de doenças de pele, bem como aumenta as chances de se contrair uma IST (infecção sexualmente transmissível), porque diminui a proteção natural da pele.

Temos que lembrar aqui que uma pele desidratada ao longo dos anos vai fazer o pênis perder gradativamente aquele viço da juventude, aquele “pipi de menino” vai ficar cada vez mais no passado.

A pele mal cuidada também aumenta o aspecto de pinto e saco caídos!

Esses processos são inevitáveis para qualquer homem, mas podemos sim, cuidando direito dos genitais, retardá-los ao máximo.

A boa notícia aqui é que essa região responde muito bem à hidratação, que quando feita de forma correta melhora significativamente o aspecto dos genitais em poucos dias.

Vamos então falar um pouquinho mais sobre as causas do ressecamento e como diminuir seu impacto na hidratação e aspecto geral do pênis, escroto e proximidades.

Sexo ou masturbação sem lubrificação

Usar um lubrificante durante o sexo ou a masturbação pode ajudar a prevenir o ressecamento da pele do pênis.

Fazer sexo ou se masturbar por muito tempo sem lubrificação aumenta enormemente o atrito que causa danos à pele, este atrito leva a um ressecamento progressivo.

Alergia ao látex

Se um homem é alérgico ao látex, o uso de preservativos desse material pode causar ressecamento da pele do pênis, pois ela reage a proteínas específicas que o látex contém.

Os homens com alergia ao látex devem usar preservativos sem látex. Os preservativos sem látex contêm poliuretano ou membranas naturais que vêm do intestino dos cordeiros. Ainda que nas farmácias sejam mais raros, existem muitos preservativos sem látex disponíveis para compra online.

Roupas

Se o homem usa roupas muito apertadas ou soltas a compressão ou atrito podem irritar a pele do pênis e causar ressecamento.

O não uso de cuecas também agrava o problema pois o pênis fica em contato com tecidos mais agressivos, como linhos ou jeans das calças, bermudas e shorts.

O uso de cuecas de algodão é uma forma garantida de diminuir o impacto do atrito com os tecidos na hidratação da pele do pênis.

Sabonetes pessoais

O uso de sabonetes comuns que contêm produtos químicos agressivos que não foram pensados para o cuidado intimo pode causar ressecamento da pele do pênis.

Considere utilizar um sabonete neutro ou mesmo um sabonete de bebê. Outra opção é utilizar sabonetes íntimos femininos que encontramos em qualquer supermercado ou farmácia.

A vantagem do sabonete feminino é que ele também contem substâncias que ajudarão a manter o pênis mais cheiroso.

Sabão, aditivos e amaciantes para a roupa

Certos produtos utilizados na lavagem das roupas contêm produtos químicos fortes que podem causar ressecamento da pele.

Isso pode afetar uma pessoa em qualquer parte do corpo, incluindo o pênis e escrito.

A escolha de detergentes naturais e não biológicos para a roupa pode reduzir a irritação e o ressecamento da pele. Na impossibilidade, basta ficar atento a possíveis pioras do aspecto da pele em geral quando se troca algum produto utilizado para lavar suas roupas.

Eczema

O eczema pode causar o surgimento de manchas de pele seca em todo o corpo.

Se a pele seca do pênis aparecer junto com coceira ou inchaços sob a pele, pode ser um sinal de eczema. Um irritante, como os descritos acima, pode causar eczema. Os médicos chamam esse tipo de dermatite de contato.

Pessoas que já têm um diagnóstico de eczema podem usar um creme de corticosteroide tópico de baixa intensidade. Aplicar isso com cuidado na pele do pênis pode melhorar bastante os sintomas.

É essencial o usar cremes corticosteroides de acordo com as recomendações do seu médico, pois essas substâncias podem aumentar a espessura da pele. Como a pele do pênis é delicada e sensível isso pode ter um impacto até na sensibilidade desse órgão tão estimado e necessário.

Psoríase

A psoríase é outra causa possível de pele seca no pênis. A psoríase é uma doença inflamatória da pele que frequentemente afeta os genitais masculinos.

As manchas de psoríase no pênis não são tão escamosas quanto em outras partes do corpo. Eles podem se parecer com placas brancas finas e bem definidas, sem escamas, ou podem ter um anel vermelho ao redor deles.

Pessoas que já têm um diagnóstico de psoríase e têm placas no pênis podem tratá-la com o mesmo creme de corticosteroide que usam em outras partes do corpo.

O médico pode recomendar um corticosteroide de média a alta potência para uso em intervalos. Isso significa aplicar o creme por 4 dias e, em seguida, fazer uma pausa de 3 dias antes de reaplicar.

Outra opção de tratamento da psoríase para o pênis é a pomada tópica de vitamina D duas vezes ao dia.

Infecção fúngica

Se o homem também apresentar erupção, inchaço ou secreção associada à pele seca no pênis, isso pode ser um sinal de infecção fúngica.

As infecções fúngicas afetam o pênis causando coceira com erupção avermelhada na pele que também pode se espalhar pela parte interna das coxas, ao redor do ânus e das nádegas.

Infecções fúngicas também causam balanite, que é a inflamação da ponta (ou cabeça) do pênis que fica vermelha e inchada.

As infecções fúngicas podem ser tratadas com cremes antifúngicos. E para evitar a repetição, deve dedicar especial atenção à lavagem das roupas.

Em todos os três últimos casos – eczema, psoríase e infecções fúngicas – somente um médico poderá diagnosticá-lo ou indicar o tratamento mais adequado.

Existem riscos consideráveis em se tratar por conta própria, seja pelo uso de produtos inadequados, da forma inadequada ou por um diagnóstico errado que pode mascarar algo muito mais sério.

Qualquer lesão genital é indicação para se procurar um médico com urgência.

OK?

Que hidratante escolher

O óleo de coco

Aqui não vamos divagar muito sobre produtos disponíveis no mercado e que sejam indicados para manter seu bilau hidratado e com aspecto de pipi de moleque.

Basta saber que a hidratação adequada é a melhor maneira (se não a única) de  garantir que a pele do seu pênis e adjacências recebam umidade necessária para se manter saudável, jovem e mais resistentes a infecções.

E nós sabemos muito bem que a maioria dos homens são bastante práticos no que se refere aos cuidados pessoais e por isso não estão muito dispostos a ficar procurando produtos específicos para cada fim… e em especial para fins tão íntimos…

Então eu quero aqui sugerir um único produto que poderá lhe ajudar bastante e que pode ser encontrado em qualquer supermercado ou farmácia: O óleo de coco.

Sim, o óleo de coco é muito conhecido por suas funções hidratantes. Além disso ele preserva a barreira natural da pele, promovendo a cicatrização e a integridade do tecido epidérmico..

E vai além… se não bastasse, por conta da presença do ácido láurico (45 – 56%), o óleo de coco tem propriedades antifúngicas, antibacterianas e anti-inflamatórias.

Bom demais não?

Essas propriedades colaboram inclusive para a melhoria do cheiro dessa região, problema que pode atingir alguns homens e do qual vamos tratar em outra publicação.

Como aplicar o óleo de coco nos genitais

Você pode aplicar em pequena quantidade, 4 ou 5 gotas e massagear a região todo dia após o banho.

Você pode também uma ou duas vezes por semana, aplicar em maior quantidade para lambuzar mesmo, e depois retirar o excesso no chuveiro.

O LibidGel

Ou, matando vários coelhos com uma cajadada só!

Vem cá, e se você tivesse um produto que quando aplicado garantisse a hidratação mas também aumentasse a sensibilidade e, por um série de massagens, garantisse até um aumento de espessura e comprimento do seu pênis?

Se você gostou da ideia, sugerimos que conheça o já tradicional LibdGel. (Não é de hoje que ele está no mercado!)

Sim, é aquele LibdGel do KidBengala.

Os exercícios indicados pelo LibdGel, juntamente com o uso do produto,  são muito eficazes na melhoria da performance sexual em homens de diferentes idades.

Ele contem micro elementos que estimulam a hidratação e circulação na área genital trazendo resultados logo nas primeiras aplicações…

Você vai notar. E quem usar também.

DESCUBRA O LIBIDGEL

Sucesso!

 


Referências

Sobre o autor

Tony Carvalho

Livre.
Também blogueiro, funcionário público, produtor de conteúdo, investidor, perfumólatra e gateiro.

Deixe seu comentário!

Abrir no WhatsApp
Posso ajudar?
Olá!
Tudo bem?
Posso ajudar?